Zandvoort

Circuito Dados técnicos
Localização: Holanda Potência: 9
Data: Não está em calendário Manobrabilidade: 13
Distância da corrida: 301.8km Aceleração: 9
Voltas: 71 Apoio Aerodinâmico: Médio
Distância da volta: 4.251 km Ultrapassagens: Normal
Velocidade média: 235.49 km/h Rigidez da suspensão: Dura
Nº de Grandes Prémios: 19 Consumo de combustível: Baixa
Número de curvas: 14 Desgaste dos pneus: Médios
Tempo de entrada/saída das boxes: 22.5s Nível de aderência: Alto
Categoria: ex F1
Recordes
Ver as melhores voltas de qualificação de todos os managers
Época Melhor volta de qualificação
S51, R10
5 Fev, 2016
Jukka Sireni 1:04.807s
Época Master
S68, R9
17 Jan, 2019
David Jones-Winkley 1:06.374s
Época Pro
S63, R6
20 Fev, 2018
Mihail Golovanov 1:07.194s
Época Amateur
S44, R15
5 Dez, 2014
Branislav Hrnjak 1:08.263s
Época Rookie
S44, R15
5 Dez, 2014
David Bittermann 1:10.868s
Ver as melhores voltas de corrida de todos os managers
Época Recorde da Pista
S63, R6
20 Fev, 2018
Miel Soeterbroek 1:04.982s
Época Master
S63, R6
20 Fev, 2018
Rui Silva 1:06.053s
Época Pro
S63, R6
20 Fev, 2018
Kris Kilsby 1:06.877s
Época Amateur
S44, R15
5 Dez, 2014
Maxim Egorov 1:08.121s
Época Rookie
S44, R15
5 Dez, 2014
Bane Skakavac 1:09.789s
Descrição

Zandvoort é por si só uma das estâncias balneares mais populares da Holanda, em parte devido à sua proximidade com Amesterdão. Existem numerosos hotéis de praia para os mais variados gostos. O terreno consiste basicamente em dunas de areia, com poucas árvores. Esta característica faz com que se trate de uma das melhores instalações para visualização da Fórmula 1. Estando num país de dunas, Zandvoort estava ligeiramente ondulada e sofreu diversas alterações de nível, em especial a famosa curva Scheivlak, que passou para baixo e para a direita. As curvas tinham diversos abaulamentos e ângulos. O gancho Tarzan, no final da reta das boxes, era uma das curvas mais famosas nas corridas. Até a Formula 1 se ter tornado adepta das chicanes e ter instalado uma em Zandvoort, havia uma reta traseira bastante rápida. Quando o vento soprava, a areia era um perigo adicional.

O circuito de Zandvoort foi inaugurado em 1948 e foi o anfitrião de eventos extra campeonato até 1952, quando recebeu o Grande Prémio da Holanda. Nos primeiros dez anos, a calendarização de Grandes Prémios era esporádica. De 1970 a 1985, praticamente todos os anos um Grande Prémio teria lugar em Zandvoort.

As corridas em Zandvoort testemunharam batalhas memoráveis. Os pilotos e construtores britânicos dominaram em larga escala os anos 60. Na corrida de 1970, o carro de Piers Courage, um herdeiro da gigante destilaria britânica Courage, teve um acidente, capotou e incendiou-se. Courage não sobreviveria. O largamente menosprezado e muitas vezes esquecido Jackie Ickx trouxe a Ferrari de volta às vitórias em 1971 após um duelo à chuva verdadeiramente magnífico com Pedro Rodriguez. Jackie Stewart era então o responsável pela Grand Prix Drivers Association (GPDA). Entre outras considerações acerca da segurança, este grupo bateu-se pelos melhoramentos nos circuitos. Após ter falhado em 1972 devido à pista ter sido considerada insegura, as corridas voltariam a Zandvoort em 1973 depois de ter sido gasto 1 milhão de dólares em remodelações. Roger Williamson teve a infelicidade de testar uma das novas barreiras Armco. Esta abateu parcialmente e actuou como uma rampa de lançamento, projectando o carro de Williamson para o ar. Aterrou na pista, virado e em chamas. Num cenário sinistramente semelhante ao de 1955 em Indianápolis, David Purley, amigo intimo de Williamson, parou o seu carro e em vão tentou retirar de dentro do carro em chamas o seu amigo Williamson, enquanto os comissários de pista olhavam, sem oferecer assistência. Quando o carro dos bombeiros finalmente chegou, era tarde demais.

Em 1974 a Ferrari regressa à glória com Niki Lauda liderando a dobradinha juntamente com Clay Regazzoni. Em 1975, James Hunt e a equipa Hesketh venciam a sua primeira corrida após uma inteligente manobra de antecipação de mudança de pneus de chuva para seco sendo depois capaz de conter o Ferrari mais potente de Niki Lauda nas últimas voltas.

O australiano Alan Jones acabaria por vencer em 1979, completando um 'hat-trick' que tinha começado em Hockenheim e continuado em Osterreicchring.

A Ferrari regressaria às vitórias em 1982 com Didier Pironi a bater Nelson Piquet, menos de dois meses após a trágica morte do seu companheiro Villeneuve em Zolder, na Bélgica, e um mês depois de ele próprio ter sofrido lesões gravíssimas em Hockenheim.

Rene Arnoux e Patrick Tambay levaram a Ferrari a mais uma dobradinha em 1983. Tal feito foi duplicado por Alain Prost e Niki Lauda em 1984, com os McLaren-Porsche.
Para a final de Zandvoort um ano depois, Prost e Lauda revertiam as posições, com Lauda a ganhar de forma soberba a corrida. Assim como aconteceria com a pista de Zandvoort, seria também o último ano de Lauda como piloto.

O respeitado escritor britânico Nigel Roebuck, apelidou Zandvoort de "o melhor circuito de corridas que a F1 jamais conheceu". Apesar deste atributo, Zandvoort desaparecia do calendário de Formula 1 em 1986 e nunca mais voltou. Estava em falta nas coisas que realmente importavam, como suites e instalações adequadas à elite corporativa. Não interessava que praticamente toda a gente considerava o circuito um excelente circuito de corridas. Talvez haja alguma esperança, contudo, que Zandvoort seja restabelecida em vez da F1 passar por outro processo pouco claro. O circuito sofreu alterações e melhoramentos de grande monta, igualando os padrões de modernidade actuais.

(Adaptado de "Formula 1 History", de Jerry Dorich; www.circuit-zandvoort.nl)

Histórico
Época Corrida Vencedor Pole position Volta mais rápida
1 2 Vladimir Islentiev
1h43:11.889s
Manuel Gonzalez
2:25.936s
Chris Whiting
1:13.005s
Qualificações
Resumo da corrida | Repetição da corrida
2 15 Marcos Malfatti
1h36:01.827s
Giedrius Butkus
2:35.694s
Cristian Iorga
1:11.303s
Qualificações
Resumo da corrida | Repetição da corrida
5 4 Petar Totev2
1h23:47.882s
Petar Totev2
2:14.343s
Maxim Kotov
1:08.728s
Qualificações
Resumo da corrida | Repetição da corrida
6 17 Peter Helcmanovsky
1h23:39.993s
Peter Helcmanovsky
2:13.705s
Vladimir Islentiev
1:08.356s
Qualificações
Resumo da corrida | Repetição da corrida
7 7 Maxim Kotov
1h22:04.313s
Maxim Kotov
2:12.066s
Harri Pakosta
1:07.311s
Qualificações
Resumo da corrida | Repetição da corrida
9 17 Maxim Kotov2
1h31:20.517s
Gatis Laugalis1
2:27.425s
Gatis Laugalis1
1:06.945s
Qualificações
Resumo da corrida | Repetição da corrida
12 4 Edijs Putniņš
1h22:08.285s
Edijs Putniņš
2:14.793s
Jari Aareskoski
1:07.692s
Qualificações
Resumo da corrida | Repetição da corrida
15 11 Vladimir Islentiev2
1h21:29.646s
Vladimir Islentiev2
2:12.559s
Vladimir Islentiev2
1:06.555s
Qualificações
Resumo da corrida | Repetição da corrida
18 8 Vladimir Islentiev2
1h21:05.095s
Vladimir Islentiev2
2:14.237s
Vladimir Islentiev2
1:06.389s
Qualificações
Resumo da corrida | Repetição da corrida
25 7 Zdenek Hladik2
1h26:50.646s
Zdenek Hladik2
2:30.549s
Zdenek Hladik2
1:06.877s
Qualificações
Resumo da corrida | Repetição da corrida
30 14 Justinas Smyšliajevas4
1h21:10.931s
Toygun Senler3
2:14.166s
Justinas Smyšliajevas4
1:06.552s
Qualificações
Resumo da corrida | Repetição da corrida
33 4 João Monteiro
1h21:49.109s
Atis Praudins
2:14.384s
Jan Pavlicek
1:07.300s
Qualificações
Resumo da corrida | Repetição da corrida
36 1 Toygun Senler4
1h23:22.261s
Toygun Senler4
2:32.518s
Wojciech Uzikowski
1:06.417s
Qualificações
Resumo da corrida | Repetição da corrida
41 8 Toygun Senler5
1h25:31.259s
Rimantas Sagatas2
2:12.238s
Toygun Senler5
1:06.597s
Qualificações
Resumo da corrida | Repetição da corrida
44 15 Maja Soren
1h20:54.907s
Roland Postle
2:13.061s
Maja Soren
1:06.517s
Qualificações
Resumo da corrida | Repetição da corrida
51 10 Jan Pavlicek
1h20:23.106s
Jukka Sireni
2:10.709s
Jukka Sireni
1:06.182s
Qualificações
Resumo da corrida | Repetição da corrida
57 3 Christos Bobolis3
1h20:40.443s
Christos Bobolis3
2:10.761s
Justinas Smyšliajevas4
1:05.098s
Qualificações
Resumo da corrida | Repetição da corrida
63 6 Radek Sus
1h20:20.268s
Radek Sus
2:10.890s
Miel Soeterbroek
1:04.982s
Qualificações
Resumo da corrida | Repetição da corrida
68 9 Ioannis Dimitroglou4
1h20:41.778s
Ioannis Dimitroglou4
2:11.796s
Christos Bobolis4
1:05.582s
Qualificações
Resumo da corrida | Repetição da corrida